Moda e Inclusão

Se a moda tem o papel de comunicar, fortalecer a identidade ou até mesmo revelar uma nova personalidade, o oposto também pode acontecer, caso a peça não tenha bom caimento, gere desconforto, tenha pouca vestibilidade e não seja funcional. Você talvez não saiba, mas 25% das pessoas do mundo possuem algum tipo de deficiência, o que limita suas escolhas e as mantêm dependentes de alguém quando se vestem.


Foto: Revista Grazie e Alex Bramall

O conceito de Moda Inclusiva vai além de roupas adaptadas para pessoas com algum tipo de dificuldade ou deficiência, seu objetivo é simplificar o ato de vestir, levando em conta as necessidades físicas e psicológicas de cada um.

Lauren Wasser @theimpossiblemuse


Funcionalidade nas peças que facilitem o cotidiano são muito bem vindas, como camisas com fechamento em velcro ou botões de ímãs, bolsos adaptados para cadeirantes ( já que os bolsos traseiros não são nada funcionais) ou ainda a adoção de elástico na parte posterior da cintura das calças jeans, detalhes simples que promovem conforto e facilitam a vestibilidade.




Michele Simões. Foto: Meu Corpo é Real.


E para ir mais além, porque não pensar em etiquetas em braile, assim deficientes visuais podem se informar sobre as características, tecidos e cuidados de lavagem. Ou ainda cabides que gravam a informação da roupa por meio de botões de áudio, que podem auxiliar muito na organização e escolha para aqueles que não podem ver as cores, detalhes e disposição das peças no guarda-roupa.


A MODA INCLUSIVA é uma forma de EMPODERAR e dar voz à TODAS as PESSOAS.



Quer saber mais sobre o assunto?


A jornalista Heloisa Rocha, radicada em São Paulo e natural de Aracaju, nasceu com osteogênese imperfeita, doença rara que tem como principal característica a fragilidade óssea. Diante desta realidade, percebeu que a moda tinha pouca representatividade para mulheres com deficiência. Em 2015 criou o instablog Moda Em Rodas, projeto incentiva a moda inclusiva, o resgate da autoestima feminina, especialmente da mulher com deficiência, e promove um novo olhar da pessoa com deficiência nos veículos de comunicação. Em fevereiro de 2020, o Moda Em Rodas lançou o seu podcast homônimo sobre moda inclusiva e que está disponível no Spotify, no iTunes e no YouTube. Helô também é co-fundadora do Quem São Elas?, coletivo responsável por promover ações relacionadas ao impulsionamento da moda inclusiva no Brasil e à democratização dos corpos.



MESCLA TALKS


O tema do Mescla Talks desta semana é MODA INCLUSIVA. Para debater com um olhar empático sobre este assunto tão importante para a moda e sociedade, convidamos a jornalista Heloisa Rocha, que está à frente do projeto Moda em Rodas e co-fundadora do Coletivo Quem São Elas, Márcia Caldas, advogada e consultora de estilo, Fer Bruni, jornalista ativista das causas das pessoas com deficiência no Instituto Eu Tenho Nome e Aline Bussi, designer e representante do Movimento Fashion Revolution em Curitiba.


Quinta-feira, 18/06 às 11h.

Acesse o link para assistir.




Se informe:


Estilista cria projeto de moda inclusiva: “Deficientes não podem estar ali só pra cumprir cota”.

Meu Corpo é Real, tornando a moda mais democrática através de ações e produtos.


Livro Um Olhar Diferente Sobre a Moda. Moda Inclusiva. Verão em Braile



35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo